Musonautas, Visões & Avarias 1960-2010 - 5 décadas de inquietação musical no Porto
09-03-2018
Exposição
Ao longo da sua história, a cidade do Porto foi construindo uma reputação de vanguardismo e liberdade sonora que conduziram à afirmação e ao reconhecimento de nomes fundamentais para a cultura portuguesa contemporânea. A Galeria Municipal convidou o programador e editor de música Paulo Vinhas a desenvolver um projeto expositivo que propõe uma retrospetiva de cinco décadas de força e inquietação na criação musical portuense nas suas diferentes expressões e aventuras sonoras, desde a música erudita à de contestação, até à música experimental e às músicas eletrónicas, através do mapeamento das diferentes práticas musicais surgidas entre 1960 e 2010.
Focada nos impulsos de rutura protagonizados por artistas, divulgadores e movimentos que transformaram a divergência do seu contexto periférico num catalisador de energia, esta exposição tem como intenção primordial a documentação de uma história musical diversificada que contribuiu decisivamente para moldar o panorama da música portuguesa, abrindo novos horizontes que, em muitos casos, extravasaram as suas fronteiras originais para se projetarem na arte global do seu tempo.

Curadoria
Paulo Vinhas
Apoio à curadoria e Investigação
Hugo Oliveira, Manuel João Neto, Pedro Junqueira Maia, Pedro Tenreiro e Suzana Ralha


Galeria Municipal do Porto
07 setembro a 18 novembro
terça a sábado: 10h00-18h00
domingo: 14h00-18h00
encerra segundas e feriados
entrada livre