Quintas de Leitura / Deixei de ser simpática
12-12-2018
Literatura
Recebe este ciclo poético um nome incontornável da nova poesia portuguesa: Filipa Leal.
Em conversa com Luís Caetano ficaremos a saber, porventura, porque deixou a poeta de ser simpática.Nas vozes de Pedro Lamares e Isaque Ferreira, seus amigos de sempre, percorreremos a obra de Filipa Leal, dando particular atenção ao seu novo livro de poemas, a publicar brevemente. Prometemos, à mistura, alguns inéditos. O editor e artista plástico João Concha inspira-se no universo poético de Filipa para construir a imagem da sessão. Um universo que bem conhece. Refira-se que João Concha é o responsável pelo projeto editorial independente não (edições), onde a poeta convidada publicou em 2014 o seu livro "Adília Lopes Lopes". A abrir a sessão, vamos dar um salto até à "Avenida dos Avaliados". Uma performance musical/multimédia do projeto Cabaret Fortuna, onde a sátira e o humor se destacam, numa parábola aos novos padrões de comportamento social. A noite fecha com a presença de Mafalda Veiga. Vem apresentar o seu novo projeto "Crónicas da intimidade de uma guitarra azul". Oportunidade para ouvirmos algumas das suas canções preferidas, adaptadas para português por Rui Reininho, com o subtil humor que tanto o caracteriza.


Filipa Leal
Luís Caetano
Pedro Lamares
Isaque Ferreira
João Concha
Cabaret Fortuna
Mafalda Veiga

FEVEREIRO
14 Qui 22.00h

CAMPO ALEGRE Auditório 
7.50€ | >12