Teatro de Marionetas do Porto / Cinderela
06-12-2018
Marionetas

No âmbito do Foco Famílias


Esta não é uma Cinderela tradicional. Há uma reescrita, um tanto ou quanto anacrónica, da história tradicional, a partir das versões de Perrault e Grimm.
Personagens saídos de outros contos de fadas "caem do céu" para dificultar a vida a Cinderela. Há uma Bruxa Má que detesta histórias com final feliz e um Lobo Mau disfarçado de GNR a patrulhar as estradas da floresta. Os Sete Anões são chamados para salvar a Cinderela de morte certa, na sua qualidade de especialistas em técnicas de salvamento de meninas envenenadas. A Fada Madrinha é uma tia irascível e ajusta contas com a Bruxa Má, num combate de wrestling. No final Cinderela casa mesmo com o príncipe e têm muitos filhos, para descanso de todos.


O Teatro de Marionetas do Porto constituiu-se em 1988. A prática teatral da companhia revela uma visão não convencional da marioneta, conceito aliás continuamente atualizado, e o entendimento do teatro de marionetas como uma linguagem poética e imagética evocativa da contemporaneidade. Procuram-se encontrar novas formas de conceção das marionetas, no limite objetos cinéticos, e novas possibilidades de explorar a gramática desta linguagem teatral, no que diz respeito à interpretação e à relação transversal com outras áreas de expressão, como a dança, as artes plásticas, a música e aimagem. A companhia divide a sua atividade entre a cidade do Porto, na qual criou uma forte corrente de público, e uma intensa atividade de itinerância no país e no estrangeiro.

Encenação, Texto e Cenografia João Paulo Seara Cardoso
Marionetas a partir de desenhos de João Vaz de Carvalho
Música Paul Ferrer
Figurinos Pedro Ribeiro
Coordenação de Movimento Isabel Barros
Desenho de Luz António Real e Rui Pedro Rodrigues
Produção Sofia Carvalho
Interpretação Micaela Soares, Shirley Resende e Vítor Gomes
Operação de Luz Filipe Azevedo
Assistentes de Produção Edgard Fernandes e Pedro Miguel Castro
Oficina de Construção Rui Pedro Rodrigues (coordenação e modelação), Inês Coutinho (pintura), Nuno Valdemar Guedes e Filipe Garcia
Construção Cenográfica Américo Castanheira - Tudo-Faço
Design Gráfico Jorge Cerqueira
Fotografia de Cena Susana Neves
Apoio Balleteatro
Coprodução Teatro de Marionetas do Porto, Auditório de Espinho, FIMS - Chão de Oliva
Duração aprox. 55 mins


DEZEMBRO
15 Sáb & 16 Dom 11.00h
CAMPO ALEGRE Café-Teatro
Crianças 2.00€ | Adultos 5.00€ | >3