Banco de Materiais
10-11-2016

Instalado desde 2010 no Palacete Viscondes de Balsemão, o Banco de Materiais encontra-se aberto ao público em geral e aos munícipes em particular. Num novo conceito de reserva visitável, mostram-se os mais variados exemplares decorativos e construtivos provenientes da arquitetura portuense como azulejos, estuques, ferros, etc.

O seu principal objetivo é a salvaguarda de materiais caracterizadores da cidade, recolhendo-os dos edifícios degradados, a demolir ou a alterar, com a finalidade de se devolverem à cidade. Dos materiais incorporados, predominam os azulejos. O Banco de Materiais disponibiliza gratuitamente aos munícipes os elementos repetidos para a reabilitação de fachadas onde faltem alguns da mesma tipologia.

Os materiais de maior raridade e significado cultural destinam-se ao fundo museológico, para fins didáticos e pedagógicos. Além dos elementos cerâmicos, azulejos, telhas decorativas, cartelas, figuras, etc., o Banco de Materiais dispõe de variadíssimos ornatos de estuque, provenientes de uma das mais importantes oficinas - a  dos Ramos Meira - e de um conjunto diversificado de placas toponímicas recolhidas na via pública, entre diversos artefactos de madeira, ferro e cantaria.

Para se definirem estratégias de preservação é necessário conhecer o universo dos materiais existentes na cidade. Deste modo, e no que respeito às peças cerâmicas, o Banco de Materiais tem vindo a proceder à catalogação tipológica (contando com mais de três mil registos) e respetiva identificação dos locais onde estão aplicados. Estre estudo sistemático, em curso, permite, desde já, salientar o elevado valor patrimonial da azulejaria do Porto, traduzida na quantidade e diversidade dos padrões, desenhos, cores, modo e o contexto de aplicação na arquitetura, diferenciando-a.

 

Palacete Viscondes de Balsemão

Praça Carlos Alberto, 71. 4050-157 Porto

Segunda a Sexta 10h00-12h00 e 14h30-17h30, Sábado 10h00-12h30 e 13h30-18h00. Encerra Domingos e feriados

+351 223 393 492

bancodemateriais@cm-porto.pt

 

Autocarro: 22, 304, 305, 507, 601, 602

Metro: Trindade

Estacionamento: Carlos Alberto, Leões; Praça de Lisboa