<span>Visitas Virtuais</span>
Viveiro de Árvores e Arbustos Autóctones do FUTURO (Viveiro Municipal do Porto)
O Viveiro de Árvores e Arbustos Autóctones do FUTURO é o berço das plantas que são usadas na Rede de Biospots do Porto, na iniciativa "Se tem um jardim, temos uma árvore para si" e ainda nas ações de reabilitação ecológica que são levadas a cabo em toda a Área Metropolitana do Porto. A produção de plantas nativas no Viveiro Municipal do Porto está em curso desde 2014.

Na época de plantação 2016/17 saíram do Viveiro 12.240 plantas, que foram para outros municípios da AMP, 50% delas para as áreas de Rede Natura 2000 que existem na região (Freita e Valongo), dando um importante contributo para os esforços de conservação da natureza na região.

No Viveiro está também em curso o projeto de "Conservação de Espécies Raras da Região Norte de Portugal", um esforço de propagar plantas que, na natureza, são já muito raras, como é o caso do Evónimo-europeu (Euonymus europaeus).

O Viveiro de Árvores e Arbustos Autóctones do FUTURO conta com as parcerias, do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, a Lipor - Serviço Intermunicipalizado de Tratamento de Resíduos da Região Porto, a Leal & Soares, a Silvapor - Inovação e Ambiente e o CENASEF - Centro Nacional de Sementes Florestais.