<span>mapa do sítio</span>
Clone da árvore centenária de Freixo de Espada à Cinta foi plantado na Pasteleira
Um grupo de alunos do 1.º ano da EB da Pasteleira ajudou a plantar um clone do Freixo de Duarte de Armas, uma árvore oferecida ao Porto pelo Município de Freixo de Espada à Cinta. A árvore foi plantada no Parque da Pasteleira no último dia de novembro, encerrando de forma simbólica as atividades do Dia da Floresta Autóctone, que decorreram na rede de Centros de Educação Ambiental da Câmara do Porto.

O Freixo de Duarte de Armas é a árvore emblemática com mais de 500 anos que está plantada na zona histórica da vila de Freixo de Espada à Cinta, no distrito de Bragança e que foi representado por Duarte de Armas, em 1510, no Livro das Fortalezas, a mando do rei D. Manuel I. A autarquia à qual pertence pediu já a sua classificação ao Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF).

A árvore centenária foi alvo de um projeto de recuperação e manutenção por parte da Universidade de Trás os Montes e Alto Douro (UTAD), em colaboração com ICNF e a Universidade do Algarve, o que permitiu a propagação seminal e criação de 22 clones que foram simbolicamente oferecidos às várias capitais de Distrito do país, onde se inclui o Porto.

No Porto, os alunos que plantaram o freixo e que frequentam as atividades do Centro de Educação Ambiental do Parque da Pasteleira vão agora acompanhar o desenvolvimento da árvore em todas as suas visitas ao Parque.