Antiga Cadeia da Relação

A obra da Cadeia e Tribunal da Relação teve início em 1765, por ordem de João de Almada e Melo. Eugénio dos Santos, um dos mais conceituados técnicos ao serviço do Marquês de Pombal, foi o autor do projecto, em estilo neoclássico. Com sua forma estranha, devido ao espaço então disponível entre o convento dos beneditos e a muralha medieval, foi um dos edifícios mais imponentes construídos na época. Numa das celas esteve preso Camilo Castelo Branco.