Chafariz das Virtudes / Fonte do Rio Frio

Mandado construir pela Câmara Municipal do Porto em 1619, para aproveitamento das águas de várias minas da cidade. Foi edificado segundo desenho de Pantaleão de Seabra e Sousa, Fidalgo da Casa Real e Regedor da cidade. É composto por um alto frontão encimado pelas armas reais. Ao centro um nicho, agora vazio, albergava a imagem de N. Senhora que, juntamente com os castelos, representa as armas da cidade.