Carta Geotécnica do Porto

O objectivo da cartografia geotécnica é a caracterização do solo e do subsolo com vista a uma gestão mais adequada do território, através da definição de critérios de ocupação de terrenos e de unidades geotécnicas que permitam o dimensionamento adequado das diversas obras de engenharia civil. A inventariação de recursos naturais, do património geológico e de áreas de risco natural são factores que se incluem na elaboração deste tipo de documento.

Estas razões, associadas ao reduzido número de trabalhos científicos de natureza geológico-geotécnica existentes sobre o Porto, levaram à constatação da necessidade de elaboração da Carta Geotécnica da cidade, à escala 1:10 000.

A segunda versão da Carta Geotécnica do Porto foi editada em 19 de Dezembro de 2003.

Este documento resulta de uma exaustiva recolha de informação de natureza geológica e geotécnica junto de várias instituições e empresas públicas e privadas, de diversos trabalhos de campo e pesquisa bibliográfica. Esta informação é analisada e interpretada, dando origem a cartas analíticas ou de factores e cartas de síntese ou interpretativas.

A Carta Geotécnica do Porto é constituída por nove cartas temáticas das quais sete são cartas de factores e duas são cartas de síntese.


Cartas de factores:

Carta de Localização de Trabalhos de Prospecção
Carta de Ocupação de Superfície      
Carta Geológica
Carta Geomorfológica
Carta de Drenagem de Superfície         
Carta Hidrogeológica
Carta de Materiais de Construção e Explorações Mineiras        
Cartas de síntese:
Carta de Zonamento Geotécnico;          
Carta de Condicionantes do Subsolo.

Uma base de dados informática alfanumérica, o Geodata/W 2.0 , reúne toda a informação existente e permite a consulta dos elementos constantes dos trabalhos de prospecção geotécnica reunidos. O documento integra também uma extensa Notícia Explicativa. As cartas encontram-se digitalizadas em suporte SIG.

 A Carta Geotécnica do Porto encontra-se disponível para venda em suporte de papel e em suporte digital. O pedido de aquisição dos mesmos deverá ser dirigido ao Gabinete do Munícipe.