Juventude

Na área da Juventude e no âmbito do programa Apoio e promoção à juventude com uma execução de 96,2 mil euros, concretizaram-se projetos e iniciativas da política municipal de juventude assente nos eixos de Promoção Social, Associativismo e Cidadania; Educação e Formação; Emprego e Empreendedorismo.


No domínio do Plano Municipal de Juventude concretizou-se o estudo de diagnóstico à realidade social e respostas sociais para a juventude, com a participação de mais de 2.000 jovens. Recolheu-se informação e contributos dos jovens, através de atividades que assentam em processos participativos e com recurso a metodologias utilizadas no âmbito da educação não formal, reforçando parcerias com associações de jovens e entidades com respostas na área da juventude.


Apresentou-se a versão preliminar do Plano Municipal de Juventude 3.0, e respetivos Planos de Ação Anuais, para os próximos três anos, aos membros do Conselho Municipal de Juventude, interlocutores privilegiados e figuras representativas em matéria de juventude.


Relativamente à Promoção Social, Associativismo e Cidadania promoveu-se o apoio técnico e logístico às atividades académicas e ao movimento associativo jovem, tendo sido apoiadas 66 iniciativas.


Deu-se continuidade ao Conselho Municipal da Juventude do Porto e iniciou-se um estudo de caracterização do associativismo jovem no Porto que permitiu uma maior aproximação com o movimento associativo, o conhecimento da atividade associativa e manter atualizada a informação do associativismo jovem no concelho.


Prosseguiu-se com o Debate a tua Cidade, que permitiu envolver mais de 30 jovens num debate sobre variados temas relacionados com os domínios de intervenção do Plano Municipal de Juventude e promover a participação ativa dos jovens e o diálogo estruturado. Implementou-se a terceira edição do Projeto Porto de Partida proporcionando a mais de 30 jovens institucionalizados, em Lares de Infância e Juventude, a oportunidade de participarem em intercâmbios internacionais, ao abrigo do Programa Erasmus+.


Foi dada continuidade ao Plano Local de Capacitação, com a segunda edição do Projeto Capacita.te, com o objetivo de reforçar as aptidões e competências dos jovens, em geral, e dos dirigentes associativos, em particular, permitindo melhorar a sua performance associativa e facilitar a integração no mercado de trabalho.


Realizou-se o concurso Prémio Porto Jovem, para reconhecer publicamente as boas práticas das associações, prosseguiu-se com as ações destinadas ao acolhimento de estudantes internacionais, através do Programa Porto Acolhe, envolvendo mais de 700 participantes e implementou-se o Programa Study in Porto, através do estabelecimento de uma rede de parceiros institucionais, cuja plataforma informática  permitirá promover o Porto enquanto destino de excelência para estudar e investigar.


Na área do Emprego e Empreendedorismo desenvolveu-se, com a Fundação da Juventude, o Programa Empreende Jovem, para promoção de uma cultura empreendedora junto dos jovens, afirmando o Porto como cidade de referência no empreendedorismo jovem.