Turismo

Em 2016 o Município continuou a assumir um papel regulador, dinamizador, agregador e facilitador no funcionamento do setor do Turismo na cidade, com especial enfoque nas questões da sustentabilidade, acessibilidades e criatividade, assumindo relevância no papel ativo na elaboração do novo regulamento de transporte em Circuitos Turísticos.


A atividade turística do Porto voltou a conhecer um significativo crescimento, apoiado no projeto Portal de Turismo do Município do Porto e no reforço da notoriedade e posicionamento das marcas Porto. e submarcas no mercado da região de Lisboa e no mercado internacional, alinhado com a marca Porto and the North: Essence of Portugal, que permitiram promover o Porto no mercado turístico nacional e internacional. Reforçou-se a marca visitporto, como marca  de confiança, implementou-se a plataforma agregadora de serviços de turismo - oportonity API, promoveu-se o apoio técnico e logístico a eventos nacionais e locais do segmento Meeting Industry, (MI) e a elaboração e divulgação de estudos  de comportamento, perfil e satisfação do turista.


A aposta nos produtos turísticos prioritários para 2016 manteve-se focalizada no city break e no turismo de negócios, complementada com a aposta estratégica na Gastronomia e Vinhos, com maior enfoque no desenvolvimento da presença do Porto na Great Wine Capitals Global Network, na realização da Assembleia Geral no Porto e a promoção do concurso Best of Wine Tourism 2016, bem como dos produtos complementares, touring cultural e paisagístico, turismo cultural, turismo de eventos, turismo científico e turismo náutico.


A tendência positiva no crescimento do movimento turístico no Porto e consequentemente no dinamismo económico local e regional é visível pelo aumento da afluência aos Postos de Turismo, que atingiu os 513.580 visitantes e corresponde a um crescimento de 13,5% face ao ano anterior, pelo aumento para 33.622 turistas atendidos nos diversos canais de acolhimento não presencial, pelos 738.596 acessos ao Portal de Turismo, em mais de 2,3 milhões de páginas visualizadas, e também pela taxa de satisfação dos turistas no atendimento não presencial que atingiu os 91%.


Abasteceu-se ainda o setor do turismo com 866.446 mapas turísticos oficiais e a comercialização nos postos de turismo do Porto Card foi superior a 340 mil euros, mais 40,7% que no ano anterior. No âmbito do projeto Vamos Receber à Moda do Porto, formaram-se mais de 240 futuros profissionais de turismo, realizaram-se 194 ações de acolhimento, disponibilizou-se material do Porto a 62.412 pessoas que participaram em congressos e eventos profissionais, apoiaram-se 876 entidades com material turístico e 263 congressos e eventos profissionais, inseriram-se 1.913 conteúdos no Portal de Turismo, produziram-se 1.414.305 exemplares de material de informação e promoção turística e editaram-se 2 novos suportes de informação e divulgação turística.


No âmbito da Porto Film Commission, em articulação com entidades publicas, privadas e serviços municipais, apoiaram-se 168 produções, das quais 112 nacionais e 56 internacionais, que contribuíram para a projeção nacional e internacional da cidade.


Manteve-se a Presidência da Direção da Associação de Turismo do Porto.