2- Casa Marta Ortigão Sampaio
16-06-2016

Instalada num edifício modernista de 1958, desenhado por José Carlos Loureiro, a Casa Marta Ortigão Sampaio resultou de uma doação à Câmara Municipal do Porto em 1978, e abriu ao público em 1996.

Marta Ortigão Sampaio (1897-1978) , filha Estela de Souza e Vasco Ortigão Sampaio, sobrinho de Ramalho Ortigão e célebre colecionador e mecenas portuense, era sobrinha materna das pintoras Aurélia de Souza e Sofia de Souza e nasceu num contexto privilegiado, convivendo desde cedo com a prática artística.

A estação 2 do MUSEU DA CIDADE, evoca o ambiente que rodeou a vida desta família da burguesia portuense, apresentando coleções de pintura, joias, armas, uma biblioteca especializada em livros de arte, peças de mobiliário de influência francesa, inglesa e indo-portuguesa e outras peças de arte decorativas.

Inscreve-se no eixo sonoro, que na Casa potencia outras leituras e narrativas em diálogo com a coleção, e no eixo romantismo, pela persistência do espírito romântico no gosto burguês da primeira metade do século XX.

Na Casa Marta Ortigão Sampaio encontram-se obras do naturalismo português de Silva Porto, Carlos Reis, Malhoa, Roque Gameiro, entre outros, e um importante acervo de pinturas, desenhos e fotografias de Aurélia de Souza, uma das mais singulares artistas portuguesas do seu tempo. O trabalho da artista remete para o universo doméstico e denota um estilo naturalista muito singular, com influências realistas, impressionistas e pós-impressionistas. A coleção de joias, uma das maiores de uso pessoal, apresenta perto de três centenas de peças de finais do séc. XVII ao séc. XX.

Ladeando a casa, no jardim encontram-se um pequeno lago e pedras trabalhadas que pertenceram ao convento de S. Bento de Avé-Maria, adquiridas por Vasco Ortigão Sampaio em Hasta Pública, também ele mecenas dos pintores Acácio Lino, Sousa Pinto e Joaquim Lopes.

Das espécies botânicas, destacam-se um magnifico exemplar de magnólia-de-flores-grandes (Magnolia grandiflora), um cedro-do-atlas (Cedrus atlântica), um gigantesco loureiro (Laurus nobilis), um eucalipto (Corymbia ficifolia), vários exemplares de camélias (Camellia japonica), um esplêndido conjunto de bambus, uma Melaleuca (tea tree) de notáveis dimensões e várias árvores de fruto, como laranjeiras, nespereira e nogueira, inscrevendo-o no eixo natureza.


Endereço

Rua de Nossa Senhora de Fátima, 291 / 299 4050-428 Porto

GPS: 41.159457, -8.625454


Autocarro/BUS: 203, 302, 508

Metro: Carolina Michaëlis

Estacionamento: Casa da Música