<span>mapa do sítio</span>
Plano Melhoramentos, 1956-1966
Engº José Albino Machado Vaz
Nasceu em Chelas, Mirandela, a 10 de Outubro de 1903 e faleceu no Porto a 4 de Junho de 1973. O autor do Plano de Melhoramentos para a Cidade do Porto foi ferroviário, engenheiro e político. Entre 1953 e 1962 foi presidente da Câmara Municipal do Porto.

O "Plano de Melhoramentos para a Cidade do Porto" de 1956 tinha como objetivo principal a extinção das ilhas, criando bairros com melhores condições de salubridade. Esta opção levou à deslocação da população do centro da cidade. Este plano foi delineado de acordo com o Decreto-Lei 40616, de 28 de Maio de 1956, que pretendia resolver o problema da habitação no centro da cidade, através de um financiamento do Estado e da Câmara Municipal do Porto (CMP) para a construção de aproximadamente 6000 fogos. No entanto, o plano não foi concretizado na sua totalidade permanecendo, ainda hoje, ilhas e edifícios que retratam a história desta época da evolução da cidade. Os objetivos principais do Plano eram os da criação de zonas de expansão que promovessem o desenvolvimento da cidade e contribuíssem para o descongestionamento das zonas centrais, bem como a demolição das construções dos bairros denominados "ilhas" e outras formas de habitação consideradas insalubres.
O Plano de Melhoramentos constituiu um valioso instrumento urbanístico, propondo um novo zonamento para a cidade, novas acessibilidades e valorizando os terrenos da zona periférica da área central, permitindo a expansão do comércio e serviços.