Ecolinha

A ECOlinha é um serviço gratuito de atendimento (telefone - 800205744 ou e-mail ecolinha@cm-porto.pt) que permite aos cidadãos apresentarem pedidos, sugestões ou reclamações, relacionados com:


- Temas sob responsabilidade da Porto Ambiente: recolha de resíduos colocados nos equipamentos de deposição, recolha de resíduos indevidamente abandonados na via pública, colocação/deslocação de equipamentos de deposição, recolha ao domicílio de objetos fora de uso, limpeza, lavagem e deservagem da via pública, limpeza de grafitis;

- Temas sob responsabilidade do Pelouro do Ambiente da CMP: limpeza de terrenos, manutenção de espaços verdes, hortas municipais, desinfestação e controlo de pragas (ratos, baratas, pulgas), recolha de animais (canil) fiscalização sanitária e bem-estar animal.


Este serviço de atendimento foi totalmente transferido para a gestão da Porto Ambiente no final de agosto passado e, desde essa altura, tem sido alvo de uma reestruturação com vista à melhoria da qualidade do atendimento e o aumento da eficiência do serviço prestado.


Esta alteração passou pela contratação e formação de novos elementos, pela reformulação de competências entre o front e o back-office, pelo desenvolvimento de novos procedimentos internos e, ainda, pela otimização de tempos de trabalho.


Este trabalho permitiu até esta altura:


1. Garantir que todos os pedidos apresentados à Porto Ambiente são alvo de registo, tratamento e resposta num menor espaço de tempo;

2. Aumentar consideravelmente o número de chamadas atendidas (nível de serviço):


3. Diminuir o tempo de resposta dos pedidos de recolha ao domicílio (serviço de recolha de objetos fora de uso nas habitações dos moradores da cidade) de um período de espera de quase 2 meses (agosto de 2018) para um período de espera inferior a 4 dias úteis.


O nosso desafio é continuar a aumentar o rácio de chamadas atendidas, melhorar a informação transmitida aos munícipes e, também, encurtar os tempos médios de execução para cada tipo de pedido apresentado. Deve ser sublinhado o enorme progresso já efetuado com a diminuição do tempo de espera de 2 meses para apenas 4 dias, desde agosto 2018 até aos dias de hoje.