<span>mapa do sítio</span>
Pormenor - Folha
Pormenor - Tronco
Camélias - Casa Tait

A Casa Tait, ou Quinta do Meio, foi residência de várias famílias inglesas, ficando em 22 de Abril de 1900 na posse de William Tait. A quinta apresenta uma tipologia que remete às Quintas de Recreio associadas à produção, típicas da época. Dentro dos muros altos, mantém ainda uma profunda marca característica das famílias inglesas, configurada num belo arranjo e intimidade dos espaços e nas espécies vegetais neles conservadas.


Na propriedade existem dois elementos construídos: a Casa Principal e a Casa-Barracão. Nos jardins, hoje em dia, podemos apreciar as belas coleções de rosas e camélias, um majestoso Liriodendron tulipifera, classificado como de interesse público desde 1950, entre outras árvores existentes na mata. Destas, destacamos o variado conjunto de Camelia japonica em proposta de classificação,  com cerca de 60 pés, alturas compreendidas entre os 6 e os 10 metros e uma muito rica variedade de flores.


Desconhece-se ainda, ao pormenor, a real raridade botânica destas variedades, sendo no entanto de destacar que este é um dos espaços restantes de uma época áurea de colecionismo botânico, sendo a idade estimada destas camélias de cerca de 115 anos.

Camelia japonica
mais de 100 anos
Publicação de classificação pendente
Rua de Entre-Quintas nº 219, Casa Tait
Municipais
Camélia
6 a 10 - Valores médios
1.7 - Valores médios
0.42 - Valores médios