<span>Visitas Virtuais</span>
Viveiro Municipal
O local de Furamonte aparece referenciado na documentação anterior ao nosso século como "casal" e "bouça". Estas denominações sugerem o peso da actividade agrícola e a escassa concentração demográfica registada no lugar. De acordo com os estudos de Moisés Espirito Santo o topónimo Furamontes poderá derivar de "Ferromontes", uma palavra anterior ao período romano e que está relacionada com a experiência ou exploração de minas de ferro (in; "O vale de Campanhã na Memória da Gente", Fundação para o Desenvolvimento do Vale da Campanhã, Porto, Junho de 1999). 

Trata-se de uma infra-estrutura de 70 000m2 de apoio à actividade da Divisão Municipal de Jardins, que proporciona a produção de 90% das plantas (árvores, arbustos e herbáceas) utilizadas na cidade. É a sua operacionalidade que permite a manutenção e criação de novos jardins, em qualquer estação do ano.

Possui um importante conjunto de espécies ornamentais, onde se inclui uma colecção de Camélias de grande valor.

Curiosidades
Nos difíceis anos do 2º Guerra Mundial a quinta produziu vários géneros de primeira necessidade, destinados ao Colégio dos Órfãos e outras instituições públicas da Cidade do Porto.


Endereço: Rua das Areias Campanhã, Porto
Telefone: 00351 225320080
Email: dmj@cm-porto.pt
Horários: Visitas por marcação, em grupo organizado. Sujeitas a aprovação.


Autocarros STCP: ZR