<span>legislativas 2019</span>
Jardim da Cordoaria
Denominado, na Idade Médio, pelo Campo do Olival era aí que funcionava a Cordoaria do Bispo, o que deu o nome ao atual jardim. 

Por iniciativa do Visconde de Vilar d'Allen, foi executado, em 1865, um jardim no Campo do Olival com projecto paisagista do alemão Émile David. 

Atualmente, e após a requalificação de autoria do Arquiteto Paisagista João Nunes, a alameda dos plátanos enquadra as linhas de buxo talhado, pontuadas por bancos de pedra, reflectindo as linhas geométricas do edificado envolvente. . Neste conjunto, encontramos um conjunto de araucárias imponentes.No coração da cidade é um ponto de descanso do seu bulício.

Curiosidades
No espaço, existiu um famoso ulmeiro, onde se dizia, eram enforcados os ladrões, bandidos e arruaceiros, pelo que todos a conheciam pelo nome "Árvore da Forca". Apesar de nunca ninguém ter sido enforcado em qualquer dos seus ramos, durante os cerca de 300 anos da sua vida sempre foi conhecida por este nome "Árvore da Forca".

A sul encontramos a cadeia da Relação. O escritor Camilo Castelo Branco foi um preso ilustre desta cadeia oitocentista. Conheceu reclusos em condições miseráveis, depoimentos e vivências plasmadas no livro "Memórias do Cárcere".


Endereço: Rua Campo dos Mártires da Pátria 39, 4050-366 Bonfim, Porto
Telefone: 00351 225320080
Email: dmj@cm-porto.pt
Horário: 24:00H (todos os dias)


Autocarros STCP: 200, 201, 207, 301, 303, 501, 305, ZH, 703