<span>Notícias PDM</span>
Renovação das Áreas Centrais, 1915

Arqtº Barry Parker

Richard Barry Parker, arquiteto e urbanista inglês, nasceu em Cherterfield em 1867 e faleceu em 1947. Parker destacou-se por popularizar o movimento Arts and Crafts. Desempenhou um papel de relevo, projetando bairros e cidades, e aplicando o conceito de cidade-jardim, no qual as áreas construídas surgem em harmonia com espaços verdes, em ambiente rural.


Em finais de 1914, em plena I República, o vereador do Pelouro de Obras, Elísio de Melo, lança um concurso público para o "Plano de Melhoramentos e Ampliação da Cidade do Porto". No seguimento desta ação e do  lançamento do projeto da construção da Avenida da Cidade, Barry Parker, em resposta a um convite, apresenta a sua proposta, permanecendo no Porto até ao final do ano de 1915. Em 1916, trabalhando já em Inglaterra, ampliou o seu plano, desde a ponte Luiz I até à zona norte da praça da Trindade.
Elaborou o documento "Memórias sobre a projetada Avenida da Cidade (Da Praça da Liberdade ao Largo da Trindade)" datado de Setembro de 1915. O documento apresenta dois desenhos (um do plano de Barry Parker para o conjunto da Avenida e envolvente; e o outro da Avenida dos Aliados tal como será efetivamente construída). Possui ainda três textos da sua autoria referindo a evolução do projeto da Avenida, e a "Acta da última reunião de Technicos, promovida pela Camara Municipal, para apreciar o projecto da Avenida da Cidade.